A Unidade Raja Gabaglia do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) sediou na manhã de sexta-feira, 18 de setembro, uma blitz de mobilização em torno da questão da deficiência auditiva.

MINAS GERAIS – Um ouvinte e um surdo distribuíram fôlderes e conversaram com o público sobre o Setembro Azul, a programação que marcará as celebrações do mês na Casa e as ferramentas que existem hoje na Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis) para auxílio da pessoa com deficiência auditiva. Foi feita ainda uma divulgação da libras, a língua brasileira de sinais.

No próximo dia 25, às 10h, no auditório da Unidade Raja, será realizada uma confraternização reunindo pessoas com deficiência auditiva que trabalham no TJMG e no Fórum Lafayette. O evento contará com uma palestra sobre as conquistas e as possibilidades das pessoas com deficiência auditiva.

Setembro Azul

Setembro Azul é o nome dado a uma série de eventos culturais, esportivos e sociais realizados em todo o País pela comunidade surda com o objetivo de propor políticas públicas e práticas de respeito e tolerância, em prol da valorização da diferença e da inserção dos surdos numa sociedade mais justa, onde todos possam ser considerados em suas singularidades. O mês concentra três datas significativas: o Dia Mundial da Língua de Sinais, o Dia Nacional do Surdo e o Dia Internacional do Surdo, respectivamente 10, 26 e 30 de setembro.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais

Comentários no Facebook