Foram 112 alunos capacitados, dentre eles 23 no curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras).

BAHIA – Na noite desta terça-feira, 15,  foi realizada a cerimônia de entrega de certificados dos cursos oferecidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio do Núcleo de Qualificação e em parceria com o  Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Este curso foi oferecido com a intenção de atender de forma igualitária e inclusiva pessoas com deficiência auditiva tanto do público interno quanto externo.  Com isso, a comunidade surda poderá ter seus direitos garantidos e o atendimento necessário dentro dos serviços públicos municipais.

No Brasil, a Língua Brasileira de Sinais é oficial para surdos desde a edição da Lei nº 10.436/2002.  A lei garante às pessoas com deficiência auditiva o acesso à educação e à saúde e determina que o poder público e concessionárias do serviço público devem assegurar o atendimento diferenciado em LIBRAS para os deficientes auditivos, realizado por, pelo menos, 5% dos servidores e funcionários capacitados para uso e interpretação da língua.

solA servidora Maria Solange Teixeira, da Controladoria Geral do Município conta que, antes de participar do curso, não conseguia se comunicar com o público surdo. Mas depois do contato com a Lingua Brasileira de Sinais tem facilidade e entusiasmo em atendê-los. “Houve um dia que eu estava no gabinete e não sabia como comunicar com um grupo de surdos, agora vejo a facilidade que tenho”, conta.

O prefeito Oberdam Rocha afirma que a intenção da capacitação é possibilitar que cada setor da prefeitura tenha uma pessoa fluente em Libras. “Precisamos garantir o acesso e a informação de forma correta e na linguagem oficial deles (surdos), inserindo o serviço de inclusão nas recepções das secretarias, nos hospitais, etc”, conclui.

Fonte: Governo Municipal de Barra do Choça

Comentários no Facebook