A Seduc pretende colocar em cada escola que tenha surdo matriculado, um intérprete de Libras em sala de aula.

PIAUÍ – No intuito de suprir as necessidades das escolas estaduais que têm alunos surdos, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) está promovendo a seleção de instrutores e intérpretes de Libras. O certame é disciplinado pelo edital 05/2017. A prova prática foi realizada nessa terça-feira (25), no Centro de Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS).

A diretora do CAS, Rachel Andrade, explica que as vagas estão sendo disputadas, inclusive, pelos surdos, com candidatos de todo o Piauí. “Temos candidatos de Parnaíba, Luís Correia, Barras, Esperantina, Picos, Oeiras, São Raimundo Nonato, Fronteiras, Campo Maior e Valença. Eles devem atuar nas escolas da Rede Estadual de Ensino de todo o Piauí e nos centros especializados. Esse teste é uma grande oportunidade para a comunidade surda”, relata Rachel.

A Seduc pretende colocar em cada escola que tenha surdo matriculado, um intérprete de Libras em sala de aula e também oferecer cursos de Libras nas escolas estaduais que serão ministrados por esses instrutores.

A gerente de Educação Especial da Seduc, Eleonora Sá, reafirma o compromisso da secretária Rejane Dias em promover o acesso e permanência do aluno com deficiência na escola regular.

“Trabalhamos com muito empenho para que a Seduc contrate esses novos profissionais, além de promover cursos profissionalizantes para formação em intérprete e instrutor, que alimenta um mercado de trabalho que carece de profissionais”, conclui a gerente.

Na próxima semana, dias 2 e 3 de maio, será realizada a prova prática dos intérpretes de libras.

Fonte: Governo do Estado do Piauí

Comentários no Facebook