Esta será uma novidade no Espírito Santo e contará com pessoas com habilidades em Libras para fazerem atendimentos junto aos cidadãos.

O município de Vila Velha terá uma Central de Interpretação de Língua Brasileira de Sinais (Libras). A intenção é facilitar o acesso de pessoas com deficiência auditiva aos serviços públicos que são oferecidos na cidade.

A iniciativa será novidade no Estado. A sugestão partiu da vereadora Dona Arlete (PSL), vice-presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Acessibilidade da Câmara de Vila Velha.

A central disponibilizará servidores com habilidade em Libras para que possam se comunicar com pessoas surdas e surdocegas. A prestação dos serviços se dará por meio de atendimentos como marcação de consultas médicas e solicitação de emissão de documentos pessoais.

Os serviços sugeridos fazem parte de um guia da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), que já implantou mais de 30 unidades no Brasil. Uma iniciativa que fortalece ainda mais as ações de inclusão social.

“É extremamente importante que esses moradores contem com o auxílio de um intérprete para que tenham acesso pleno à informação. Isso irá trazer melhoras significativas na vida dessas pessoas”, afirmou a vereadora Dona Arlete.

Fonte: ES Brasil

Comentários no Facebook

Comments are closed.