A professora Nilce Maria da Silva representou a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) em visita técnica à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), para negociação de Mestrado Profissional em Rede visando à formação de pesquisadores na área dos estudos surdos.

Participaram da visita os integrantes da Rede de Pesquisadores em Educação de Surdos (Redes-BR): Alexandre Melo de Souza, da Universidade Federal do Acre (Ufac), Rafael de Araujo Lira, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT) e Tânia Maria de Lima, da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), além da professora Nilce representando a Unemat. A Universidade Federal de Rondônia (Unir) também integra a Redes-BR.

A Redes-BR foi criada por iniciativa de professores pesquisadores do Estado de Mato Grosso, como Rede de Pesquisadores em Educação de Surdos de Mato Grosso (Redes-MT), com o propósito de potencializar o desenvolvimento de pesquisas interinstitucionais e interdisciplinares no campo dos estudos surdos, divulgar produções acadêmicas e promover eventos nessa área visando à efetivação das políticas de inclusão. A Redes-MT é integrada profissionais da Unemat, da UFMT e do IFMT, além da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT), por meio do Centro Estadual de Atendimento e Apoio ao Deficiente Auditivo Professora Arlete Pereira Miguelette (Ceaada) e do Centro de Apoio e Suporte à Inclusão da Educação Especial (Casies).

O principal objetivo da Redes-MT é criar um programa de pós-graduação stricto sensu em rede para surdos, com cota para ouvintes. Isso implica na adoção de estratégias que permitam a integração de pesquisadores de diversas instituições educativas de Mato Grosso e do Brasil. A visita técnica foi realizada para atingir este objetivo.

Durante a visita, foi realizado estudo de documentos produzidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para orientar a discussão e elaboração do desenho da proposta de Mestrado da Redes-BR. Também foi apresentado e discutido o desenho da proposta de Mestrado com representantes da Faculdade de Letras da UFRJ, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), além de professores do Ines.

Fonte: Universidade do Estado de Mato Grosso