Ferramenta busca reduzir barreiras de comunicação para os surdos. Versão mobile já está disponível nas lojas da Google Play e na Apple Store.

Um software desenvolvido na Paraíba vai ajudar o acesso de pessoas surdas aos conteúdos de computadores, dispositivos móveis e plataformas Web.  Batizado de Vliras, o software traduz o conteúdo digital, texto, áudio e vídeo, para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) e foi desenvolvido na Universidade Federal da Paraíba. A versão mobile já está disponível nas lojas da Google Play e naApple Store. Ele também pode ser acessado via Desktop. Confira o site oficial do projeto e baixe o manual.

O coordenador do projeto, Thiago Maritan, explicou que a ideia do projeto surgiu após receber a primeira estudante surda no curso de ciência da computação. “Começamos a pensar: como podemos usar a nossa formação para ajudar ela de alguma forma?”, recordou ele.

vlibras04Segundo o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), que é parceiro do projeto, a ferramenta reduz barreiras de comunicação e amplia o acesso à informação das cerca de 9,5 milhões de pessoas com níveis de deficiência auditiva no país.

A Suíte VLibras consiste em um conjunto de soluções computacionais composta pelas ferramentas VLibras-Desktop, VLibras-Plugin, VLibras-Video e WikiLibras. Ele vai disponibilizar também sinais e dicionários regionais para serem utilizados por pessoas com deficiências auditivas.

A equipe do projeto vai disponibilizar também plugins para navegadores, que irão permitir a execução do aplicativo VLibras sem precisar instalar diretamente na máquina local.

Emissoras de televisão
vlibras01Além de auxiliar os usuários via internet, o software vai ser usado também por emissoras de televisão. De acordo com o site do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O dicionário do VLibras será referência para a transmissão de informações pela Língua Brasileira de Sinais (Libras) nos programas veiculados pelas emissoras de televisão no Brasil. A escolha do vocabulário foi realizada durante o Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital (Fórum SBTVD), que ocorreu em São Paulo, em 2015.

Fonte: G1 Globo

Comentários no Facebook