A Prefeitura de Olinda vai realizar seleção pública simplificada para a contratação  de 155 profissionais, entre eles um técnico intérprete de Libras, com o ensino médio concluído e curso de Libras com carga horária mínima de 40 horas.

PERNAMBUCO – Há, também, uma vaga para um técnico braillista, com curso de Braille (no mínimo 40 horas/aula) e comprovação de conclusão do ensino médio. Os selecionados (para ambas as funções) irão cumprir carga horária mensal de 100 horas/aula. Os salários são de R$ 937,00.

De acordo com o edital, publicado no Diário Oficial dos Municípios, o intérprete de Libras terá entre as atribuições a comunicação entre surdos e ouvintes, surdos e surdos, surdos e surdos-cegos, surdos-cegos e ouvintes, por meio da Libras para a língua oral e vice-versa; interpretar as atividades didático-pedagógicas e culturais desenvolvidas nas instituições de ensino de forma a viabilizar o acesso aos conteúdos curriculares; e atuar no apoio à acessibilidade aos serviços e às atividades-fim das instituições de ensino.

Já o técnico braillista realizará transcrição de documentos e material didático do sistema convencional (escrita em tinta) para o sistema Braille e vice e versa; ensinará o sistema Braille (leitura, escrita e cálculo), assim como orientação espacial e mobilidade aos estudantes cegos; e produzirá recursos pedagógicos adaptados às necessidades específicas dos estudantes, entre outras atribuições.

A seleção simplificada também irá contemplar a contratação de 105 professores do Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano) e 39 professores do Ensino Fundamental II (Línguas Portuguesa e Inglesa, Matemática, Ciências, História, Geografia, Educação Física e Música), além de nove vagas para nutricionistas.

Os profissionais aprovados serão lotados na Secretaria de Educação, Esporte e Juventude. Para a realização do certame, a Prefeitura de Olinda optou pela dispensa de licitação, para a contratação da empresa organizadora da seleção.

Fonte: Blog Olinda Hoje