Estudantes tem como objetivo facilitar a comunicação.

Um grupo de estudantes do curso de ciência da computação da Universidade José do Rosário Vellano (Unifenas) criaram um aplicativo para deficientes auditivos. O objetivo é facilitar a comunicação, de forma correta.

O aplicativo já é disponibilizado para testes pelo google drive. Ele traz conhecimentos básicos da Língua Brasileira de Sinais, como cores, vogais, consoantes, cumprimentos, números, entre outros.

O projeto desenvolvido por cinco alunos tem o intuito da inclusão social. “O deficiente está em nosso meio e somos nós que precisamos nos aproximar deles”, reflete o estudante Carlos Rodrigues dos Santos.

O trabalho foi apresentado no 23º Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP (SIICUSP 2015), em São Carlos (SP) e no 3º Sinalização e Apoio à Inclusão Social, promovido pela Unifenas, que ocorreu no Centro Poliesportivo de Alfenas.

Para o orientador dos alunos, o professor Maurício Moreira Júnior, o maior resultado do software foi apresentado no evento ocorrido em Alfenas, onde uma pessoa deficiente auditiva mostrou que o projeto está correto. “Os meninos apresentavam o projeto e ele mostrava a satisfação. Víamos a alegria dele. Isso é a melhor parte do trabalho”, relatou.

Fonte: O Melhor do Sul de Minas