Grupo de cientista México desenvolveu uma luva que transforma em texto e língua de sinais

Pesquisadores do Instituto Politécnico Nacional (IPN) do México desenvolveram uma luva que transforma em texto e sons a língua de sinais para surdos para permitir que possam transmitir mensagens a pessoas que desconhecem os sinais, segundo informou a instituição educativa em comunicado.

Este protótipo, criado pelo doutor Miguel Félix Mata e a formada Helena Luna García, consiste em uma luva que detecta os movimentos realizados pelo usuário com a mão e os associa com as letras do alfabeto internacional de 26 letras.

“São formadas palavras e frases que são transmitidas por Bluetooth a um dispositivo móvel com um aplicativo pré-carregado que mostra e lê os sinais das pessoas que usam a luva e querem transmitir uma mensagem”, explicou Luna García.

Para detectar se os dedos estão abertos ou fechados foi utilizado um inovador material empregado na construção de tecnologia para vestimentas, um fio condutor feito à base de aço, mais grosso que o fio convencional de algodão e que se pode costurar com agulha e inclusive com máquina.

A base da luva foi costurada à mão com poliéster e nylon, inclui molas e sensores para dar-lhe força, com a finalidade de que sigam a estrutura pelas mãos. Uma vez que a mensagem chega ao dispositivo, esta é reproduzida em voz e a pessoa que fala com o usuário da luva pode escutar o que este quer dizer-lhe.

Fonte: A Tarde

Comentários no Facebook

Comments are closed.