Capacitação, com carga horária de 180 horas, terá início no primeiro semestre de 2018.

Estão abertas as inscrições para o Curso Básico de Libras ofertado pelo Centro de Capacitação de Profissionais de Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS) de Belo Horizonte. As inscrições podem ser feitas até o dia 1º de dezembro, de segunda a sexta-feira das 7h30 às 12h30 e de 13h30 às 18h30 na secretaria do CAS. O curso é gratuito.

No ato da inscrição, o interessado deverá preencher a ficha contendo dados pessoais. A inscrição poderá ser feita pessoalmente ou por meio de procuração.

No caso de se optar por efetuar a inscrição por procuração, o responsável pela inscrição deverá apresentar uma procuração de próprio punho, contendo em anexo as fotocópias das carteiras de identidades do responsável e de quem pleiteia a vaga.

O Curso Básico de Libras possui carga horária de 180 horas, com vagas nos três turnos (manhã, tarde e noite). A previsão para o início das aulas é fevereiro de 2018.

A seleção dos candidatos para ocupar a vaga será mediante os critérios estabelecidos pela resolução SEE nº 2.903, de 4 de fevereiro de 2016, que dispõe sobre a organização e funcionamento dos CAS e dos Núcleos de Capacitação e Apoio Pedagógico às Escolas de Educação Básica.

O CAS-BH fica na Rua Guajajaras 1.887, no bairro Barro Preto, em Belo Horizonte. Outras informações pelo telefone (31) 3293-8477 ou e-mail: desp.casbh@educacao.mg.gov.br.

Centros

Os CAS têm por objetivo trabalhar propostas para a educação de surdos. Eles trabalham no aspecto da formação continuada dos professores, oferecendo cursos de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e de Língua Portuguesa como segunda língua para estudantes surdos.

Neles também são produzidos materiais didáticos acessíveis ao estudante surdo, como vídeos em libras, além da capacitação de professores de Atendimento Educacional Especializado (AEE).

Secretaria de Estado de Educação mantém o funcionamento de cinco CAS, localizados nos municípios de Belo Horizonte, Montes Claros, Varginha, Diamantina e Uberaba. Eles são implantados por resoluções e funcionam anexos a alguma escola estadual que fica responsável pelas questões administrativas.

Além deles, também existem dois Núcleos de Capacitação e Apoio Pedagógico às Escolas de Educação Básica nos municípios de Januária e Governador Valadares.

Fonte: Agência Minas Gerais