Com o objetivo de ampliar e colocar em prática a política de inclusão do IFPB, o Campus João Pessoa realizou, no dia 07 de junho, a primeira aula de Natação adaptada na Língua Brasileira de Sinais (Libras). O estudante surdo atendido foi Honnório Pagnussat, do curso Técnico Subsequente em Eletrotécnica, que optou pela modalidade para cumprir a disciplina de Educação Física.

A aula ministrada pelo professor Cláudio de Franceschi contou com a participação da intérprete e coordenadora do Núcleo Especializado em Libras (NEL), Valéria Marques, que entrou na piscina junto com o estudante e passou a traduzir e a interpretar a aula. A iniciativa foi da Coordenação de Assistência às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (Coapne) e do NEL.

“É importante destacar que o intérprete tem um papel fundamental em estabelecer o elo entre o surdo e o ouvinte, interpretando a aula do professor, mas também, as conversas paralelas (colegas, docente etc.), para que se promova a interação, e uma verdadeira inclusão”, salientou Valéria Marques.natação Libras 2

Ela adiantou que já está em desenvolvimento uma série de sinais específicos sendo adaptados em Libras para a Natação, com expressões próprias da modalidade.

Após a aula, o professor Cláudio procurou o estudante, deu algumas orientações com relação à postura e posição da cabeça. “Isso só foi possível porque o professor, com a mediação comunicacional do intérprete, pôde interagir de fato com o estudante surdo Honnório”, frisou a coordenadora substituta da Coapne, Regina Valentim.

Fonte: Instituto Federal de Paraíba – IFPB